sexta-feira, 29 de janeiro de 2010



______________
Meu amor

Meu amor minha estrela à procura do meu próprio lamento.
Nada disso! Eu à procura! Raios que te devo esquecer e tento e tento. E enovelo-me em novelos sem fios , feitos de algodão doce que me deixam tonto, agoniado, sujo, peganhento, nojento.
Acordo e não sei que faço ali. Todo me estranho que não sei que quero ali. Estou a mais. Não sou dali.

Que saudade da tua pele morena macia doce, com um aroma de manhãs tardias, com tardes perdidas nos teus cabelos. Meu amor doce e tão distante. Que me faço que te perdi.

Hoje estou dorido, como um homem impotente, aquele que não pode amar a mulher que ama.

Impotente como aquele que quer e não pode ter.

Mato-me em ti , morro sem ti.

Um dia destes....

PTM

4 comentários:

Inezteves disse...

Magnífico sofrimento!
"O poeta é um fingidor..."

Lady disse...

Olá... Pecador!
Desculpa-me a ousadia, mas com um carinho especial... posto o meu comentário, assim deste jeito (espero que aprecies...):
"Meu amor minha estrela à procura do meu próprio lamento.
Ai, e como eu lamento o meu próprio lamento.
E enovelo-me em novelos sem fios, feitos de algodão doce que me deixam tonto, agoniado, sujo, peganhento… nojento.
Acordo e não sei o que faço ali. Todo me estranho que não sei se me que quero ali. Estou a mais. Não sou dali.

Que saudade da tua pele morena macia doce, com um aroma de manhãs tardias, com tardes perdidas nos teus cabelos. Meu amor doce e tão distante. Que me faço que te perdi.

Hoje estou dorido, como um homem impotente, castrado nesta amarra de amor, dum amor proibido.

Impotente como aquele que quer e não pode ter a mulher, meu desejo de seres amada minha.

Mato-me em ti, morro sem ti."

Bjinhos

Marta disse...

É doloroso ler-te assim.
Lamento o desencontro, o amor que te escapa dos dedos. Espero ver-te sorrir. Palavra.
Beijos

Apenas eu disse...

um dia destes...
guardas tudo com muito carinho em Ti.
um dia destes descobres uma outra pele morena...
um dia destes vais perceber que não adianta tentar esquecer.há pessoas que são uma tatuagem em nós... e nesse dia talvez consigas viver com tudo isso e de sorriso no rosto.
é exactamente isso que te desejo.


um beijo de alguém que pensa que sabe o que sentes...