sábado, 15 de janeiro de 2011

Chega

4 comentários:

Inezteves disse...

Sumido que reaparece...

Inezteves disse...

Onde se esconder da dor pungente, em Torga?Em Álvares, Em Saramago, Em Gil Vicente??

Esconder-me em mim?
Onde esconder-me na multidão de letras que saltam e pensamentos que exalam sentimentos...

Rabisco disse...

Uma grande música!
Saudades das tuas publicações.

Abraço

http://www.rabiscosincertossaltoemceuaberto.blogspot.com/

Inezteves disse...

Uma grande música!
Saudades das tuas publicações.

Abraço