quarta-feira, 29 de julho de 2009



Eu cruzo a noite pra te ver
não vejo a hora de te envolver
com tudo que eu tenho pra falar
É minha, a luz na escuridão
nos cruzamentos, toda atenção
e agora o carro cisma de enguiçar

Já não sei de nada, mas você é tudo
e me deixou a fim de vez
tiros na calçada, e no telefone, alguém me diz:
- Por favor, tente outra vez

Eu ia te contar tudo que sinto há tanto tempo
se é miragem, você vai dizer
Irá se revelar um mar de sentimentos
Ainda hoje eu vou te ver
Eu ia te contar tudo que sinto há tanto tempo
Tô a dez minutos de você
Irá se revelar um mar de sentimentos
Ainda hoje eu vou te ver

2 comentários:

Apenas eu disse...

quando tudo ronda a mesma atenção...
quando a cabeça só tem uma razão...
quando o coração manda...

Cleopatra disse...

"Tá giro"!! LOLOLOLOL