sábado, 18 de abril de 2009

Carta nocturna


Ignoras-me.
Apagaste-me como a um traçado riscado de uma folha amarrotada.
Por vezes, sinto-te na tua ausência, como se a tua pele chamasse a minha, de noite,... enquanto chove lá fora.
Acordo pela madrugada e são os teus olhos que vejo nos meus.
Por vezes, oiço o teu sorriso pelas paredes do quarto.
Mas, o teu aroma evaporou-se. _______________
Queria ser o teu principe encantado mas, não passo de um patinho feio.
Podia a nossa história ser a do lago dos cisnes.
É nisto que penso quando durmo acordado.
Nisto e, em histórias que não me contaram em pequeno.
Há dias, tive um impulso que não controlei e procurei despertar-te para mim.
Nem o sorriso encontrei, o teu riso não se ouviu e penso que dormias, bem longe, noutro hemisfério.
Dizem que as almas que se amam comunicam telepáticamente.
Acho que te apareço em sonhos porque, de noite falo muito contigo.
Acordo frio de tanta insónia.
Acho que um dia acordarei morto. Aí, vou transportar o meu corpo etéreo para o teu lado e dormirei sempre na tua mão.

__________

PTM

22 comentários:

Pó das estrelas disse...

Porque razão o Homem gosta de sofrer? Porque não embarcamos noutra viagem?

Porque não cortamos as amarras? Porque é que o sofrimento nos leva a criar?

Eu não tenho respostas. Só perguntas.

Tana disse...

Tão lindo...
Bem...estou encantada!
Não acredito que ela ignore, talvez ainda não conheça tudo..


beijos*

Aran disse...

Que imagem de sonho!
Que sina a tua, meu amigo!

Um beijinho grande e fica bem...

Inezteves disse...

Viajo juntinho contigo...somos assim sonhadores!
Mesmo que essa história seja uma invenção tua...é demasiadamente linda!
Dá vontade interferir...Torço que finais felizes aconteçam em tua vida pecador!!
Eu??Me confesso...Fã incondicional!

Agente 000 à Esquerda disse...

Bem...lindo...
Até espremi a lágrima...
Acho que te compreendo.

nOgS disse...

Que forte...

LORENZO MONSANTO disse...

Gostei do "Acho que um dia acordarei morto."

LOOOOL

Mas percebi. De alguma forma, sinto nestas palavras que isso já acontece há algum tempo...Não sei...digo eu...

Abraços Sinner.

Acordar pela manhã e ver os olhos de outro nos seus, é dom que poucos possuem, o pior é quando esse dom, se torna numa espécie de maldição...

Esmeralda disse...

Não escrevereia melhor aquilo que sinto...
Sentimos um / uns sentimentos parecidos, quase quase iguais.
Conselho: Aprendi com algo parecido com o que aqui escreves, que não vale a pena impor a nossa presença quando o outro que consideramos o nosso outro eu, não quer.
Força e beijinhos

Cleopatra disse...

Acordar e ver os olhos do outro...é uma sensação única!:-)

Pecadormeconfesso disse...

Aran, saudades tuas amiga
Fechaste novamente o blog Que maldade.

Pecadormeconfesso disse...

Pó das estrelas... fui lá apanhar pó.

Pecadormeconfesso disse...

Olá Tana! Ela não ignora . tenho a certeza que não.

Pecadormeconfesso disse...

Olá Inezzzzzzz

O sonho comanda a vida mas nãome deixa dormir. :-)

Pecadormeconfesso disse...

OOO à esquerda, desvia o cano dessa coisa OK!
Uff!
:-) Oh miúda, assim vou ter de andar armado nem que seja em parvo.

Pecadormeconfesso disse...

nogs... Achas?

Pecadormeconfesso disse...

Lorenzo Monsanto, há quem acorde morto todos os dias e continue a morrer.

Pecadormeconfesso disse...

Esmeralda, os seres humanos são todos muito semelhantes.

Pecadormeconfesso disse...

Cleopatra, é sim. Quando o outro nos olha com ternura e está ali mesmo ao nosso lado.

Lúcia disse...

Acordar, ver os olhos do outro ao mesmo tempo que o outros pousa os seus olhos nos nossos. Isso sim!
É por isso que o amor é tudo de bom, mas também lixadote: qdº o outro nos põe nas incertezas... O bom disso? É sairem textos destes!:)

nOgS disse...

Acho...

Para quê queres ser um pássaro morto ignorado numa mão fria quando poderás ser a fénix e voar desde os teus sonhos até à realidade?

Beijo

Apenas eu disse...

já te li várias vezes.
meia volta venho aqui.
e comento, outras leio e vou embora. porque não faço parte do teu grupo de amigos e nem sempre todas as opiniões são benvindas, espanta-me de facto a tua falta de curiosidade em me leres, ou saberes quem sou. mas isso cada um é como é.
Não te venho ler para que me vás ler, venho aqui porque gosto do que leio.
Porque tem alturas que as tua spalavras me atravessam e me arrepiam a alma.

Um dia alguém disse que sofrer é opcional. e eu concordo, por isso nunca se deve deixar a nossa vida e o nosso coração nas "mãos" de outra pessoa. porque um dia essa outra pessoa vai embora e nós?

Dentro da tristeza com que escreves, que pode até ser apenas o teu género literário. escreves mesmo muito bem.

Parabéns.

paula barros disse...

"Dizem que as almas que se amam comunicam telepáticamente.
Acho que te apareço em sonhos porque, de noite falo muito contigo.
Acordo frio de tanta insónia."

Eu pensava que sim, até que percebi que não.

abraços